Como transformar o desenho de um carro em um desenho em perspectiva com o CorelDRAW® X6

Di Maurice Beumers

Como usar a ferramenta Perspectiva, deformação em perspectiva e as linhas-guia para criar um carro esportivo com um único ponto de fuga

Este tutorial vai demonstrar como um rascunho de um carro pode ser desenhado em perspectiva com o CorelDRAW. Para este tutorial, é necessário ter conhecimento básico de Linhas-guia, Caixa de ferramentas e experiência com linhas de desenho e curvas.

As três visualizações da imagem abaixo foram alinhadas de forma que o tamanho e proporção do carro permaneçam consistentes em todas as visões. Independentemente da referência que você utilizar, preste muita atenção nas rodas do carro, visto que elas devem ser formas simples e consistentes.

Nesta Perspectiva, eu decidi desenhar o carro como visto pelo lado esquerdo, com uma parte das superfícies planas de cima (capô e teto) visíveis. Nesta apresentação, TODAS as linhas virtuais são perpendiculares à lateral (como os dois eixos conectando as rodas) e convergem em um ponto de fuga na linha do horizonte.

Eu preciso colocar três linhas-guias adicionais. Elas podem ser posicionadas livremente para restringir minha área de desenho: O Limite da esquerda, que indica a linha extrema da lateral esquerda do carro, e os Limites frontal e traseiro, que indicam o o limite extremo da frente e traseira do carro.

Para conseguir o Limite da direita, ou o limite distante, nós primeiro desenhamos um retângulo delimitador ao redor do carro, enquanto na Vista lateral. Mova-o para baixo e habilite a exibição através de Exibir > Alinhar > Alinhar pelas linhas-guia e alinhe o ponto inferior esquerdo à interseção dos Limites frontal e da esquerda. Redimensione o retângulo uniformemente, até que o canto inferior direito esteja na interseção dos Limites traseiro e da esquerda. O lado inferior do retângulo se tornará o Limite esquerdo, ou lado mais próximo.

Agora, nós usamos a Ferramenta Extrusão (Caixa de ferramentas > ferramenta Extrusão) para criar uma caixa com uma profundidade de 40 unidades. Você pode ajustar esse valor na Barra de propriedades da Ferramenta Extrusão. Certifique-se de arrastar do centro da cópia do retângulo delimitador para o ponto de fuga.

Se você não tem preenchimentos habilitados, poderá visualizar o limite inferior do lado mais afastado. Arraste uma Linha-guia a partir da Régua e alinhe-a ao limite inferior do lado mais afastado. Depois disso, você pode excluir toda a caixa. Mais tarde, nós usaremos ferramentas mais eficientes para construção de perspectiva.

No Design Automotivo, há alguns termos usados em todo desenho, que indicam características que todos os carros têm em comum, independentemente do tipo e forma. Em nosso desenho, nós vamos indicar três linhas principais, cujas Vistas superior e lateral têm em comum. Isso nos ajudará a projetar pontos em perspectiva.

Estas linhas são:

  • A Linha do spoiler lateral (magenta), que abrange toda a linha inferior, do início do para-choque dianteiro ao fim do para-choque traseiro.
  • A Linha da cabine (azul), que passa por todas as janelas, como o para-brisas, janelas laterais e vidro traseiro.
  • A Linha de cintura e Linha-A (verde), que começa no para-choque dianteiro, segue pelo capô, passando por cima da cabine do motorista (A-pillar), depois pela parte traseira do teto, passando pelo porta-malas e terminando no para-choque traseiro. Note que a Linha-A/de cintura não precisa, necessariamente, seguir a silhueta do carro, especialmente na parte do capô e teto.

Eu desenhei essas linhas na Vista lateral e depois as copiei e as rotacionei para alinhá-las na Vista superior. Com a ferramenta Forma e pressionando a tecla Ctrl, eu movi os nós somente no eixo horizontal, garantindo que meus nós mantenham-se na mesma posição nas Vistas lateral e superior, em relação ao comprimento do carro.

Como as mudanças de valor no 2D indicam modificações na forma em 3D, eu usei meus rascunhos ortogonais apenas esporadicamente. Eu também acrescentei retângulos delimitadores e uma linha central à Vista superior. Nós usaremos essa linha central mais tarde, quando fizermos a projeção simétrica.

Quando as Linhas de atributo estiverem estabelecidas, eu duplico primeiro a Vista superior, incluindo as Linhas de atributo e o Retângulo delimitador, e rotaciono tudo em 90 graus (use as configurações de rotação na Barra de propriedades). Na duplicação, eu crio um limite do carro para obter uma silhueta limpa, com Organizar > Formato > Limite.

Com o Duplicado selecionado, eu aplico um efeito de perspectiva, com Efeitos > Adicionar perspectiva e movo os quatro cantos para encaixar meu Plano básico.

Repito o mesmo na Vista lateral (exceto pela distorção de perspectiva) e coloco a Duplicação da Vista lateral com o limite inferior na linha central do plano básico (agora colocado corretamente em perspectiva).

Para as rodas de nosso carro, desenho círculos em cinza escuro (Caixa de ferramentas > ferramenta Elipse ou F7), me certificando de que elas coincidam com a referência do Plano básico do carro silhueta, assim como a posição das rodas na Vista da Linha central (na verdade, Corte da seção da linha central.) Uma extrusão aplicada com a ferramenta Extrusão (Caixa de ferramentas > Extrusão) transforma os círculos em rodas. Notem que eu também brinquei com as Configurações de chanfradura na Barra de propriedades.

As rodas também precisam de bordas, mas eu não vou abordar a criação de bordas aqui, senão saímos do objetivo deste tutorial.

Vamos prosseguir com a projeção das Linhas de atributo em perspectiva, Começarei com a Linha do spoiler lateral.

Primeiro, eu criei mais duas Linhas-guia. Uma terminará no Ponto de fuga (o Centro de rotação, acessível através de um clique duplo na linha-guia, precisa ser movido e encaixado no Ponto de fuga). A segunda Linha-guia é usada como eixo vertical para projetar os pontos para cima.

Para cada nó da curva da Linha do spoiler lateral, eu sigo um processo rígido:

  • Rotaciono a Linha-guia "de fuga" e deixo-a encaixar no da Linha do spoiler lateral do Corte da seção da linha central (você deve habilitar a função Alinhar pelos objetos, pressionando ALT+Z). Os Nós são indicados com círculos vermelhos na imagem inferior.
  • Eu movo a Linha-guia vertical e deixo-a encaixar no relacionado, na referência do Plano básico, na Curva da Linha do spoiler lateral, próximo ao visualizador.
  • No ponto onde a Linha-guia "de fuga" e a Linha-guia vertical se encontram, o ficará corretamente posicionado na construção da perspectiva.

Isso será repetido para cada da Linha do spoiler lateral para os lados próximo e distante. Ao combinar as duas novas curvas e fechar a frente e a traseira, completamos a parte inferior do carro!

Repetimos o mesmo processo com a curva da Linha de cintura/Linha-A e a curva da Linha de cabine.

A melhor maneira de fazer isso seria colocarmos todas as novas formas em Camadas separadas. Isso nos ajuda a manter a construção do desenho não poluída, ocultando camadas individualmente.

Eu vou prosseguir com a silhueta geral da perspectiva do desenho do carro, mas, para isso, preciso da silhueta do Corte da seção da linha central (vermelho) primeiro.

Estabelecer a silhueta geral é, na verdade, apenas uma questão de ligar as extremidades dos planos, mas depois disso, vou me aprofundar e mover alguns pontos para encurtar o lado mais afastado da perspectiva.

Agora posso estimar o local das maiores formas, como as janelas e o para-brisa. Se você não tiver certeza, pode continuar projetando pontos em perspectiva, como fizemos com o para-brisa, o capô e o para-choques.

Utilizando os Pincéis de mídia artística (Caixa de ferramenta > Mídia artística) e vários Formatos de linha e Contornos, você pode conseguir resultados muito eficazes nas formas indicadas. Na imagem abaixo, também podemos ver que eu usei a referência de Plano básico como sombra do carro, o que oferece uma relação visual bem forte com o solo. Os carros não costumam levitar, certo?

Mas, para ser sincero, o desenho está um pouco estranho. Isso acontece por que falta um segundo Ponto de fuga, que poderia estar localizado abaixo do eixo vertical, visto que também olhamos para o carro abaixo nesta projeção. Eu também gostaria de adicionar um efeito de distorção de lente.

Crie um retângulo delimitador do desenho em perspectiva e converta-o em curva (CTRL+Q). Aproximo os cantos inferiores um do outro, só um pouco, para simular uma convergência vertical. Depois, converta o tipo de de todos os nós para Em curva na Barra propriedades da ferramenta Forma, e arraste as extremidades superior e inferior ligeiramente para baixo, para obter um visual levemente arqueado. O retângulo deve se parecer como uma tela levemente dobrada, em perspectiva.

Selecione o carro novamente e vá para a ferramenta Envelope (Caixa de ferramentas > ferramenta Envelope). Na Barra de propriedades, clique no ícone Conta-gotas (Criar a partir do envelope) e clique no retângulo que criamos na etapa anterior.

Agora o carro apresenta uma distorção agradável. Para deixar esse efeito visível, você deve mover levemente um dos cantos do envelope.

Agora seu carro está pronto para sair por aí!

Eu usei as ferramentas deste tutorial para fornecer uma maneira bem flexível de desenhar em perspectiva. É possível criar desenhos com dois ou mais Pontos de fuga.